28 septiembre 2007

Gracia



A Voz Do Silêncio -

Pior do que a voz que cala,
é um silêncio que fala.

Simples, rápido! E quanta força!

Imediatamente me veio à cabeça situações
em que o silêncio me disse verdades terríveis,
pois você sabe, o silêncio não é dado a amenidades.
Um telefone mudo. Um e-mail que não chega.
Um encontro onde nenhum dos dois abre a boca.

Silêncios que falam sobre desinteresse,
esquecimento, recusas.

Quantas coisas são ditas na quietude,
depois de uma discussão.
O perdão não vem, nem um beijo,
nem uma gargalhada
para acabar com o clima de tensão.

Só ele permanece imutável,
o silêncio, a ante-sala do fim.

É mil vezes preferível uma voz que diga coisas
que a gente não quer ouvir,
pois ao menos as palavras que são ditas
indicam uma tentativa de entendimento.

Cordas vocais em funcionamento
articulam argumentos,
expõem suas queixas, jogam limpo.
Já o silêncio arquiteta planos
que não são compartilhados.
Quando nada é dito, nada fica combinado.

Quantas vezes, numa discussão histérica,
ouvimos um dos dois gritar:
"Diz alguma coisa, mas não fica
aí parado me olhando!"

É o silêncio de um, mandando más notícias
para o desespero do outro.

É claro que há muitas situações
em que o silêncio é bem-vindo.
Para um cara que trabalha
com uma britadeira na rua,
o silêncio é um bálsamo.
Para a professora de uma creche,
o silêncio é um presente.
Para os seguranças de um show de rock,
o silêncio é um sonho.

Mesmo no amor,
quando a relação é sólida e madura,
o silêncio a dois não incomoda,
pois é o silêncio da paz.

O único silêncio que perturba,
é aquele que fala.

E fala alto.

É quando ninguém bate à nossa porta,
não há emails na caixa de entrada
não há recados na secretária eletrônica
e mesmo assim, você entende a mensagem.

Marta Medeiros

9 comentarios:

Ogigia dijo...

¡¡¡qué belleza!!!!!

Anónimo dijo...

He vuelto en silencio, a releer tu blog después de un tiempo, despacio, con mucho respeto, increiblemente bello como tú.El silencio, a veces puede ser un buen compañero de camino, sobre todo si hay una mirada como la tuya que acompaña y da fuerza cada día. Gracias compañeira!!!

Maisa dijo...

El silencio fue mi compañero durante mucho tiempo, y me hizo entender tantas cosas....igual prefiero recorrer mi camino con amigos como tu....

Buen fin de semana!!!!!!!!

Simplemente Olimpia. dijo...

Hoy soy yo quien extraña la oscuridad de tu blogs y quien acorta la distancia entre nosotras con mi agradecimiento.

OLimpia.

antonio dijo...

Una sonrisa, un guiño, una mirada complice ...y todo en silencio.

Antonio.

Sintagma in Blue dijo...

Existen silencios tan elocuentes...

María Rosa Golia dijo...

Que belleza esa imagen !!!!
Un abrazo :)

Nico dijo...

Es hermosa la imagen, bella. No entendi la letra, "LA VOZ DEL SILENCIO", pero igual, paso a dejarte un beso tan grande como la grata mirada que tienes. Gracias por todo.

Un abrazo, que andes bien.

Nicolas.

yole dijo...

Silencio que falta...haciéndose suspiro.
Un delcia este regalo...

Besos.

En archivo